sexta-feira, 11 de junho de 2010

Uma escola ideal


Para chegarmos a uma escola ideal , tem que ser feita uma mudança da raíz: da sociedade como um todo.
no ensino infantil, este ensino começa com a base que os pais dão aos filhos dentro de casa, se não tem essa base a criança já não consegue acompanhar nem desenvolver nada, pois não há estímulos.
no papel do professor deve se encaixar à formação de um aluno que entenda a realidade sem "historinhas falsas" e tenha uma opnião perante sua própria vida.
A escola ideal é aquela que junto com a sociedade onde está inserida, questiona e se posiciona perante a elite que nos governa e exige aquilo que lhe é de direito.
a escola ideal teria que funcionar integramente, a semana toda com atitudes diferentes como artes, esportes, linguas, informática, aprofundando na questão social com outras matérias como sociologia e filosofia, com alimentação de qualidade, e tudo isso do primeiro ao último ano escolar, com as divisões por idade, mas claro tudo isso de graça. Professores especializados para cada área e tambem com professores especiais para os reforços.
Para chegar a tudo isso não acho que seja tão difícil, mas falta o principal: a vontade tanto da sociedade que não tem noção da importancia disso, e nem tem voz ativa, e dos nossos governates que estão bastante felizes dessa nossa ignorancia, perante a importancia de uma educação de qualidade.
Portanto, cabe a nós cidadãos pagadores de impostos lutarmos por uma revolução educacional, que com certeza é o foco para um Brasil mais igual socialmente. Visto que a educação é a base, é a cabeça de toda a sociedade (consciente) é atravez dela que todos os fatos sociais podem ser modificados e tranformados.
Andressa Andrade
Carla Silotto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário